Tecnologia

Como o fungicida pode contribuir para uma produção mais lucrativa?

As doenças ocasionadas por fungos são uma das grandes causadoras de danos às plantações em todo o mundo. Para evitar queda na produtividade e qualidade, o fungicida tem um papel essencial para permitir o correto desenvolvimento das plantas e evitar a proliferação desses microorganismos na lavoura.

 

Dessa forma, o fungicida atua como um importante insumo para a produção agrícola, contribuindo para aumentar a produtividade e lucratividade do produtor rural. Continue a leitura e entenda mais sobre a importância do fungicida para uma produção sustentável e lucrativa!

Qual a importância do fungicida?

Independente da cultura, as doenças podem atingir a grande maioria das lavouras caso não seja feito o uso correto de fungicidas e outros insumos durante o ciclo produtivo. A aplicação do fungicida, em específico, possui três ações principais:

Controlar doenças durante o desenvolvimento da cultura

O principal papel do fungicida é controlar e evitar as doenças fúngicas. Caso não seja realizada a aplicação deste tipo de defensivo agrícola, o desenvolvimento da planta pode ficar comprometido, uma vez que as doenças causadas por fungos atingem as folhas e comprometem sua fotossíntese, ocasionando baixa qualidade que pode afetar o valor de mercado daquela cultura.

Preservar a qualidade no pós-colheita

Muitas perdas do agronegócio são causadas por doenças que ocorrem no período pós-colheita, quando os grãos, vegetais e tubérculos estão armazenados. Além disso, alguns fungos que afetam grãos produzem toxinas perigosas para humanos e animais, podendo, inclusive, ser fatal. Portanto, a aplicação correta do fungicida durante o desenvolvimento da lavoura também evita que os fungos possam se desenvolver no período de armazenamento.

Quais são os tipos de fungicidas?

A grande maioria dos fungicidas agem de três formas: causando danos nas membranas celulares dos fungos, provocando a inativação de enzimas ou proteínas essenciais ou interferindo na respiração e produção de energia. Há, ainda, os fungicidas que promovem impacto específico nas atividades de metabolismo do fungo.

 

Como possuem mecanismos de ação diferentes entre si, os fungicidas são classificados de maneiras distintas, sendo que existem dois tipos principais:

Fungicidas protetores

Os fungicidas protetores são efetivos somente se aplicados antes da ocorrência da penetração do patógeno no hospedeiro, impedindo ou reduzindo as chances de ocorrência da doença. Esse tipo de fungicida age como uma barreira tóxica ao fungo, evitando que ele penetre na planta. É muito utilizado como protetor de folhagens e sementes, devendo ser aplicado como medida preventiva, ou seja, sem a presença do fungo.

Fungicidas sistêmicos

Os fungicidas sistêmicos apresentam efeito erradicante e supressor da infecção, isto é, atuam suprimindo o estabelecimento da infecção causada pelos fungos. Ao ser aplicado, é prontamente assimilado pela planta, inibindo o desenvolvimento das lesões locais ou à distância do local de aplicação e matando o fungo onde ele estiver instalado no interior da planta, sem afetar os tecidos do hospedeiro.

Como realizar a aplicação?

Antes de aplicar o fungicida, é essencial determinar as causas dos sintomas. Após a escolha do melhor tipo, os fungicidas devem ser preparados para a pulverização da lavoura. Geralmente, são misturados com água e inseridos em equipamentos que vão desde pulverizadores manuais até tratores e pequenas aeronaves.

 

A aplicação de parte dos fungicidas deve ser feita antes do surgimento da doença ou nos primeiros sinais de sua manifestação. Para isso, é importante que o produtor utilize um sistema de previsão de doença ou limiares de ação para garantir que a aplicação seja realizada no momento certo, evitando gastos adicionais e possíveis impactos ambientais.

 

Para o controle efetivo, a aplicação deve ocorrer com frequência, que deve ser determinada de acordo com a cultura, podendo chegar à frequência de cinco dias. Essa repetição da aplicação é necessária para proteger as brotações e permitir que a planta se desenvolva corretamente, além de reforçar a perda do fungicida que pode ocorrer por decomposição química, degradação por luz solar, erosão, vento e chuva.




Quer contar com fungicidas de qualidade para sua lavoura? A Grão de Ouro trabalha com a venda de insumos agrícolas das principais empresas do ramo de agronegócio no mundo. Acesse nosso Balcão de Negócios e entre em contato com nossos consultores técnicos.